Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

6 dicas de como usar a imprensa pra fortalecer seu branding

O Purple Talks (o webinar mensal do Purple Metrics sobre branding) do mês de maio trouxe 2 convidados super feras pra falar sobre como PR pode ajudar a tornar marcas mais fortes:

Catarina Cicarelli – Passou por Nubank e Wise, hoje lidera Comunicação e branding na Quanto, e faz parte do grupo de trabalho de Comunicação da Open Finance Brasil.

Bruno Capelas – Jornalista e comunicador, foi repórter e editor de tecnologia no Estadão, e liderou branding e comunicação no fundo de investimento Canary.

Quem moderou o papo foi a Guta Tolmasquim, especialista em brandind pra startups, CEO do Purple Metrics e co-founder da Brand Gym, agência com mais de 170 projetos de branding.

No Talks, eles deram várias dicas de como tocar PR no dia a dia, tanto do lado dos jornalistas e imprensa (representados pelo Bruno), quanto pelo lado da empresa (representada pela Cat). A gente trouxe aqui algumas dicas:

1) Na hora de abordar jornalistas, você precisa se destacar em meio aos 1000 e-mails que eles recebem por dia. Nesse cenário, é fundamental ter empatia com o jornalista pra sugerir uma pauta que vá fazer sentido e colaborar com o trabalho dele ou dela. Parece óbvio, mas sempre bom lembrar.

2) Se optar por ter uma agência de PR, é muito importante ter alguém interno que vá centralizar e tocar a estratégia. Essa pessoa será chave pra trazer contexto pra agência.

3) Em empresas early stage, talvez até a própria CEO consiga escrever um press release e entregar diretamente à jornalistas estratégicos. E à medida que a empresa cresce, uma agência contratada depois pode ajudar com as tarefas do time interno de comunicação.

4) PR é essencial pra trazer tráfego orgânico e construir reputação dentro de uma comunidade. Quando a empresa é pequena, uma estratégia de PR pode ser certeira quando não se tem um investimento em mídia.

5) Nem sempre o papel como PR é falar sobre a empresa e seus eventos, mas ajudar o jornalista a entender o mercado e seus cenários de forma macro. Isso ajuda a fortalecer a empatia, aumentar percepção de mercado e te tornar uma pessoa mais interessante em meio aos jornalistas.

6) Jornalistas gringos não se importam que você faça primeiro contato ou follow up pelo Twitter, já que é um canal em que estão muito presentes. Pode funcionar até melhor que uma troca demorada de e-mails.

Acha que essas dicas fazem sentido pra na sua empresa? Não deixe de ouvir o papo completo que está disponível em podcast no Spotify:

E não deixe de assinar nossos conteúdos pra ficar por dentro do próximo Purple Talks. 👇

Receba conteúdos sobre branding e métricas no seu e-mail

brandwhite

Sobre nós

Quem Somos
Contato

Fale conosco

oi@purplemetrics.com

Nossas redes

Purple Metrics | Todos os direitos reservados | 2022